Quando você sair do Facebook…

Quando você sair do Facebook, pode me dar um abraço, ok?

Redes sociais são incríveis. E horríveis também.

Então vamos fazer assim: quando você, caro leitor e amigo, sair do Facebook, pode me dar um abraço.

E pode reparar o meu cabelo armado.

Eu posso estar em um dia agitado, posso falar pelos cotovelos e pelos pés.

Eu posso estar mais calma, e não fazer nada além de lhe ouvir.

A gente pode trombar na fila do banco e reclamar da demora.

Ou podemos nos ver na livraria e ficarmos felizes com o cheiro do café que vem à mesa.

Eu certamente não estarei usando uma roupa muito bonita. Sou brega, sabe.

Uso batom rosa, coloração número 34 de uma marca comum.

Tenho um tique engraçado no olho. Mas isso não me torna menor. Apenas igual.

Podemos dizer “Oi, tudo bem?” e o diálogo ser velado ali mesmo.

Ou se quiser, você pode chorar ao contar que um amigo foi embora.

Eu posso reparar em você também? Mas, sem mal nenhum. Poder ver que o tempo chegou pra você também, assim como chegou para mim.

A gente pode se abraçar, meu amigo.

Mas isso só acontece, se você sair do Facebook.

Foto: Rufy filhote, aprendendo com o papai a entrar no Face.

Instagra: @jacquebalotari / Face: Jacqueline Dias Balotari

Cão Rufy: http://www.facebook.com/caorufy

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s